Fonte: OpenWeather

    Perda


    Presidente da Assembleia lamenta morte do desembargador Djalma Martins

    Segundo o Roberto Cidade, o Amazonas perde mais um jurista probo e honrado para o coronavírus

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), lamentou a morte do desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), Djalma Martins da Costa, 75, nesta quinta-feira (1), em decorrência da Covid-19. Segundo o parlamentar, o Amazonas perde mais um jurista probo e honrado para o coronavírus.

    “Me solidarizo com a família e amigos do desembargador Djalma Martins. Infelizmente esse vírus fez mais uma vítima no Amazonas. Peço a Deus que conforte o coração dos enlutados. Nosso Estado perde um homem honrado, de conduta ilibada”, destacou.

    Decano do Tjam, Djalma Martins estava internado desde o início de fevereiro. Djalma Martins da Costa nasceu no município de Boca do Acre. Foi promotor e procurador do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e desde 1989 ocupava o cargo de desembargador. Foi presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas de 2000 a 2002.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Criação da campanha de incentivo à vacinação entra em pauta na Aleam

    Deputado Carlinhos Bessa é eleito 1º vice-presidente da Aleam

    Roberto Cidade denuncia queimadas ilegais de lixo na capital

    Comentários