Fonte: OpenWeather

    Cuidando da saúde


    Cuidado ao arrumar as lancheiras é essencial para evitar doenças

    Especialista alerta sobre os riscos ao colocar alimentos poucos saudáveis nas lancheiras dos pequenos

    Alimentos ricos em gordura devem ser descartados das lancheiras | Foto: Marcio Melo

    Manaus - É comum na ida para a escola, pela falta de tempo, pais optarem por colocar alimentos industrializados e pouco saudáveis na lancheira das crianças. Porém, os lanches devem ser escolhidos com atenção, visando o benefício da criança e não a praticidade do dia a dia.

    O Em Tempo procurou uma especialista para alertar os pais sobre os riscos de colocar nas lancheiras das crianças, alimentos irregulares e industrializados, como refrigerantes e frituras.

    Pela falta de tempo de preparar as lancheiras, os pais optam por produtos pobres em nutrientes
    Pela falta de tempo de preparar as lancheiras, os pais optam por produtos pobres em nutrientes | Foto: Marcio Melo


    A nutricionista Elisângela Hitomi explicou à reportagem que esses tipos de produtos são altamente prejudiciais à saúde das crianças - que, com o tempo, acabam se acostumando com a má alimentação e correm o risco de contrair doenças.

    Leia também: Obesidade cresce entre os manauaras e acende alerta

    "O suco de caixinha tem alta concentração de açúcar e corante, assim como a gelatina, que algumas pessoas dizem que é benéfico, mas não é, pois tem muito corante. É bem melhor fazer um suco natural e gelatina também, comprando sem sabor, e adicionando frutas no preparo", disse a profissional.

    Entre as doenças que podem ser desenvolvidas pelas crianças estão: obesidade e hipertensão (devido ao excesso de alimentos ricos em gordura ou açúcar e sedentarismo); anemia (devido a falta de ferro na alimentação); diabetes (devido ao excesso de açúcar); colesterol alto (devido ao excesso de gordura); doenças cardiovasculares (devido ao acumulo de gordura no interior das artérias, aumentando o risco de infarto e AVC); insônia e dificuldade para dormir por não conseguir respirar corretamente; atrite, artrose e dores nos músculos e nas articulações e distúrbios alimentares, como anorexia ou bulimia.

    As frituras e os refrigerantes são os grandes vilões na lancheira das crianças
    As frituras e os refrigerantes são os grandes vilões na lancheira das crianças | Foto: Marcio Melo


    As frituras e os refrigerantes são os grandes vilões na lancheira das crianças. O consumo exagerado desses alimentos pode trazer danos irreversíveis para a saúde dos pequenos, que em fase de desenvolvimento, ainda são frágeis.

    "A incidência de obesidade tem aumentado bastante aqui no Amazonas, principalmente em crianças. Juntamente com isso, vem o colesterol alto. Ao invés de dar frutas ou verduras, os pais compram sucos de caixinha e frituras, o que não é nada bom", falou a nutricionista. 

    Refrigerante e doce devem ser abolidos das lancheiras
    Refrigerante e doce devem ser abolidos das lancheiras | Foto: Marcio Melo


    Elisângela ainda comentou que a alimentação de crianças é algo que deve-se ter bastante cuidado. Frutas e verduras ajudam no desenvolvimento, mas devem ser inseridas no cardápio de forma gradual.

    Mãe atenciosa

    A jornalista Karina Palmeira é mãe do David Lucas, de 4 anos, e procurou um médico especialista antes de colocar os lanches na lancheira do filho. Segundo ele, todo o cuidado vale a pena para ver o filho saudável.

    Misto quente é indicado, desde que durante a semana os pais intercalem com frutas
    Misto quente é indicado, desde que durante a semana os pais intercalem com frutas | Foto: Marcio Melo


    "De seis em seis meses, eu levo meu filho ao pediatra. Ele estuda em tempo integral então sempre leva dois lanches. São dois tipos de frutas, suco natural, sanduíches naturais, tudo de forma alternada para não haver repetição no dia a dia. Claro que tudo é indicado pelo médico", falou Karina.

    Arrumando a lancheira

    A nutricionista disse que a forma mais fácil de arrumar o lanche dos pequenos é escolher uma fruta e um suco natural. A fruta também pode ser trocada por um pão de queijo ou torta salgada com legumes, que é muito saudável. 

     Ao invés de dar frutas ou verduras, os pais compram sucos de caixinha e frituras
    Ao invés de dar frutas ou verduras, os pais compram sucos de caixinha e frituras | Foto: Marcio Melo


    "Os pais precisam entender que é preciso variar e colorir no momento de escolher os lanches que vão nas lancheiras. Não pode ficar repetindo o tempo inteiro. As verduras cruas, além das cozidas, ajudam a prevenir doenças", concluiu.

    Leia mais:

    Você sabe o que é compulsão alimentar? Saiba como alimentos viciam

    Obesidade atinge um em cada cinco adultos no Brasil

    Saiba mais sobre o açaí, o superalimento da Amazônia

    Comentários