Fonte: OpenWeather

    Adoção


    Casal adota criança com HIV e sinais da doença desapareceram

    A menina já havia sido rejeitada por 10 famílias por ter a doença, mas depois o casal oferecer tratamento, o vírus desapareceu

    Damian Pighin e Ariel Vijarra | Foto: Divulgação

    Na  Argentina , um casal homoafetivo adotou um bebê com HIV que foi rejeitado por 10 famílias. Mas após Olivia receber tratamento, os sinais do HIV desapareceram.

    Damian Pighin e Ariel Vijarra, pais de Olivia, comemoraram a notícia. Depois disso, o casal adotou mais uma menina, Victoria de 5 anos.

    Mesmo não havendo cura para o HIV a partir de agora, essa é uma boa notícia, pois significa que Olivia não precisará mais sofrer os pontos negativos do vírus, nem o vírus será capaz de se espalhar para outras pessoas.

    Damian e Ariel trabalharam para uma ONG que ajudam casais a adotarem crianças rejeitadas e foi assim que eles adotaram Olivia.

    Comentários