Fonte: OpenWeather

    Benefícios


    Conheça os benefícios do Capim-santo para a saúde

    Também conhecido como capim limão, a planta é um santo remédio contra inchaços, além de ajudar na digestão e proporcionar outros benefícios

     

    A melhor maneira de conseguir todas essas benfeitorias é preparando o chá de capim-santo
    A melhor maneira de conseguir todas essas benfeitorias é preparando o chá de capim-santo | Foto: Divulgação

    O capim-santo, também conhecido como capim-limão ou capim-cidreira (por ser comumente confundido com a erva-cidreira), é uma planta medicinal com inúmeros benefícios para nossa saúde e bem-estar. O capim-limão é originário da Índia, amplamente cultivado em países de clima tropical e subtropical e se desenvolve bem em praticamente todo o Brasil.

    O principal uso se dá através do chá de capim-santo, mas a erva também tem grande aplicação nas indústrias farmacêutica, alimentícia, de cosméticos e na perfumaria, além de ser bastante utilizada na aromaterapia. O óleo essencial de capim-santo é empregado em cosméticos, como óleos perfumados, shampoos, sabonetes e sabões, desodorizantes e loções, entre outros.

    A planta pode contribuir muito para a saúde das pessoas. Afinal de contas, o capim cidreira é rico em diversos nutrientes, como cálcio, fósforo, potássio, ferro, ácido fólico, magnésio, zinco, cobre, manganês e vitaminas A e C. 

    A começar pela suas ações antibacterianas, analgésicas e anti-inflamatórias. "Tudo isso por conta do citral, composto antimicrobiano e antifúngico encontrado na planta que é eficaz na inibição e destruição de micro-organismos", conta a nutricionista Daniela Silva. 

    Benefícios do capim-santo e suas propriedades medicinais

    Muito se fala sobre suas propriedades, mas afinal, para que serve o capim-santo?

    A erva é uma ótima opção diurética. "Quem usa a planta, passa a urinar com maior frequência  e isso ajuda a eliminar toxinas que estão circulando pelo organismo," disse a nutricionista.

    Seus principais constituintes são o citral, composto antimicrobiano e antifúngico eficaz na inibição e destruição de micro-organismos, e o mirceno, responsável pela ação analgésica; outros cinco de seus componentes possuem o poder de inibição da coagulação sanguínea. O citral também aumenta a capacidade do corpo de aproveitar a vitamina A.

     O citral também aumenta a capacidade do corpo de aproveitar a vitamina A
    O citral também aumenta a capacidade do corpo de aproveitar a vitamina A | Foto: Divulgação

    Na aromaterapia, o óleo de capim-santo é muito utilizado, pois ajuda a aliviar depressão, estresse e tensão do corpo. Popularmente, é usado em forma de cataplasma (massa medicamentosa) para tratar as dores de artrite e em banhos para aliviar os músculos doloridos; o capim-limão também ajuda a aliviar espasmos musculares, reduzindo todos os sintomas relacionados a dor abdominal, dores de cabeça, dores nas articulações, espasmos do trato digestivo, cãibras musculares, dor de estômago, entre outros.

    O óleo essencial diluído do capim-limão é também usado como um antifúngico para condições de pele, incluindo micose e pé-de-atleta. Seu extrato pode ser aplicado a feridas recentes e abertas, vez que a erva atua como um antisséptico que previne infecções, além de ser usada na desintoxicação dos órgãos digestivos do corpo, como o pâncreas, fígado, rim e bexiga.

    Durma feito um anjo

    Para quem sofre com noites mal dormidas, ou até mesmo insônia, um chazinho de capim-santo minutos antes de cair na cama, pode ser um santo remédio. Isso porque a erva possui propriedades calmantes e não tem nenhum resquício de substâncias que aceleram o metabolismo, como a cafeína, em sua composição (mais um ponto para o sono). 

    De acordo com a nutricionista Daniela Silva, a ação sedativa da planta acontece porque ela tem o poder de reduzir a atividade motora no organismo. “Isso aumenta o tempo de sono e, por consequência, temos uma noite mais bem dormida”, conclui. 

    E tem mais: o capim-cidreira pode ser considerado um ótimo antidepressivo. A erva ajuda na liberação de serotonina, substância que contribui a aumentar a sensação de bem estar, autoestima, confiança e, por consequência, combate a depressão.

    Mais leite para os bebês

    Até as crianças saem ganhando com o uso da planta. "Algumas mães produzem pouco leite logo depois do nascimento do bebê. O chá de capim santo pode ajudar a aumentar essa produção, fazendo com que a mãe tenha leite suficiente para alimentar o recém-nascido", afirma Daniela Silva.

    A erva é uma ótima opção diurética
    A erva é uma ótima opção diurética | Foto: Divulgação

    Seu intestino como um reloginho

    Para quem sofre com constipação, distensão abdominal, azia e até mesmo diarreia e vômitos, a erva pode ser uma boa aliada. Isso porque ela tem propriedades antissépticas capazes de eliminar as bactérias ruins do intestino, ao mesmo tempo em que ajuda as bactérias boas a tomarem conta do espaço. 

    A melhor maneira de conseguir todas essas benfeitorias é preparando o chá de capim-santo. Para fazê-lo, basta um punhado de folhas secas dentro da água fervente e deixar tampado por um tempo. “Pelo forte aroma de limão e sabor crítico, a bebida também é opção para refrescar o paladar”, indica a especialista.

    E o chá de capim-cidreira também pode ser acrescentado em preparações mais elaboradas, como bolos e até mesmo brigadeiro

     Contra-indicações e efeitos colaterais do capim-santo

    - Risco de causar queimaduras caso o local em que houve aplicação direta seja exposto ao sol (assim como a citronela, limão, laranja e outros cítricos);

    - Em doses excessivas, pode causar sonolência, diarreia, hipotensão arterial, fraqueza e sedação;

    - É contra indicado durante a gestação, pois pode provocar abortos devido ao relaxamento da musculatura uterina

    Leia mais:

    Água de alho em jejum emagrece? Ela faz mais do que isso

    Conheça 5 cascas que podem ser reutilizadas na alimentação

    Mastruz é estudado como medicamento para uso contra a Covid-19


    Comentários