Fonte: OpenWeather

    Oxigênio


    Balsa com 70 mil metros cúbicos de oxigênio chega a Manaus

    O insumo foi trazido de Belém para a capital amazonense.

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O governador Wilson Lima acompanhou, na madrugada deste sábado (16), a chegada de 70 mil metros cúbicos de oxigênio trazidos de Belém (PA), por meio de balsas. Essa nova remessa vai garantir a retomada do equilíbrio do abastecimento da rede de saúde do Amazonas para os próximos dias e já começou a ser distribuída nas unidades de saúde. O insumo é uma aquisição do Estado por meio da fornecedora White Martins. 

    "Recebemos nesta madrugada essa carga de 70 mil metros cúbicos da maior fornecedora de oxigênio do Estado (White Martins), e começamos a restabelecer a normalidade da nossa rede estadual de saúde. Algumas dessas carretas já saíram daqui direto para as unidades para fazer esse abastecimento", disse o governador Wilson Lima. 

    Os trabalhos dessa força-tarefa seguirão pelos próximos dias, com a chegada de novas remessas de oxigênio. Todo esforço está sendo feito para garantir que as unidades de saúde operem sem dificuldades. "Vamos continuar trabalhando com todos os parceiros e amazonenses para que possamos restabelecer o atendimento e o abastecimento da nossa rede hospitalar, garantindo que as pessoas acometidas por Covid-19 possam ser atendidas", destacou o governador Wilson Lima. 

    Wilson Lima ressaltou, ainda, o trabalho do Comitê de Resposta Rápida – Enfrentamento da Covid-19, composto pelos Governos do Estado, Federal e Municipal. A nova remessa, que restabelecerá o abastecimento pelos próximos dias, é fruto dos esforços que vêm sendo realizados desde a semana passada para que não falte oxigênio nas unidades de saúde.  

    "Nossas equipes estiveram trabalhando praticamente 24 horas com o governo federal, governo municipal e as equipes do interior, do Sirio Libanês, da iniciativa privada. Isso é resultado do esforço em conjunto do povo brasileiro e dos cidadãos amazonenses”, disse.

    *Com informações da assessoria. 

    Leia mais:

    Amazonas transfere 21 pacientes para os estados do Maranhão e Piauí

    Camex volta a zerar imposto de cilindros e sensores de oxigênio

    Amazonas ultrapassa a marca de seis mil vidas perdidas para a Covid-19

    Comentários